domingo, 27 de abril de 2008

Resposta

Roberto

Como foi rápido nosso encontro e duradouro meu arrependimento. Vi em você algo que sempre busquei e que nunca havia encontrado. Que tolice a minha! Como pude acreditar que ao seu lado tudo ficaria bem?!

Escondi de mim o que todos já sabiam. Assim o fiz por medo de sofrer. Sei que fui fraco, e continuo ao responder a sua carta, pois não há mais volta.

Você é fraco! Encobriu a vida toda o seu verdadeiro homem e não fui capaz de ser a sua certeza. Continue sofrendo, parece que só assim você é feliz! Mas você não tem o direito de fazer sofrer Joana. Ela não nos merece, seja homem ao menos uma vez.

Não me preocupo de você tirar sua vida: não é forte o bastante para isso. Continue a sofrer só, sem fazer da vida dos outros um sofrimeto.

Assim como te inventei, destruo minha criação. Você não é e nunca será o homem por quem me apaixonei. Construí um amor. Mas você não existe como aquele que permeava meu futuro. E por não saber se o que inventei estava em mim ou em ti, utilizo do meu esquecimento para assim fazê-lo.

Nunca mais,

Paulo.

PS.: A infelicidade está em você, não nos relógios...

39 comentários:

Esfinge disse...

Quando se ama de verdade é natural que haja mesmo uma idealização romântica que pode transformar pessoas comuns em divindades, mas comumente a decepção faz com que se volte a realidade, pior para o Roberto...

Abraços!

gleidson disse...

como arte de novela, esse conto nos leva a sua rotina de seguir cada passo do autor e tentar restaurar novos disturbios...

carla m. disse...

impressionante a nossa capacidade de projeção. amamos pessoas que criamos em cima daquelas que conhecemos. e ainda temos a capacidade de nos decepcionar quando as pessoas não correspondem à invenção...

Thiago Borges disse...

Chocante.

Pois é, sempre criamos ilusões em nossas mentes. Criamos bejtivos a serem alcançados, metas... Mas sempre contamos com o futuro. Falta o viver o presente.

Parabéns.

http://borgesthiago.blogspot.com/

Anônimo disse...

nanda,
perfeita, maravilhossa como sempre!! parabens!! fã d+! bjus!
Carol Paiva

Flavitcho disse...

Tem certas fraquezas que não dá pra suportar.
E não dá pra viver uma vida com recheio de fraquezas.
Os recheios doces são melhores.

=]

Nay.. disse...

Caramba... adorei *-* muito lindo!
vc tá de parabéns! :)
boa semana!

APaula Campos disse...

Ilusão é F%¨*&

Seu blog é muito bom, com certeza voltarei aqui!

APaula
http://ofedor.blogspot.com

caio arroyo disse...

Temos a mania quando estamos amando de que a outra pessoa é quase um deus, depois percebemos que nao é assim. O que vale em uma situacao assim é conseguir perceber a tempo o que a pessoa realmente é, e dai sim aprender amar a pessoa pelo que ela é.
Parabens por mais um otimo texto

kristy hellen disse...

Oiee!! meus parabéns pelo texto sem falar do tanto que o teu blog ta de mais!! =D

Muito show!!

^^

bjs

Marcos Goulart disse...

Nós nos criamos e nos refletimos no outro. Não somos completos sem ele o diferente é parte integrante de nosso ser. E essa dependência faz nossa mente projetar no outro tudo aquilo que nos falta, tudo aquilo que queremos. Muito bom seu texto, tem muito tempo que um texto não me faz refletir tanto.

tendo tempo da uma olhada no meu blog

http://segundaopcao.blogspot.com/

Luís Guilherme de Oliveira disse...

Relógio! Mais um aparelho de controle! Mais um artefato cristão para dominar-nos. A passagem das horas é, sim, capaz de trazer angústia a quem as vê passar, sentado, parado estagnado!
Andemos!

Ingrid disse...

Boa prosa Fernanda. Voltarei!

Daniel Ruscio disse...

Somos seres completos que nos confortamos de uma maneira tão convincente, que chegamos a confundir, iludir. E mesmo assim é extremamente confortável.

Um abraço do novo fã, Dan R.

Patricia disse...

Oi!

Vi seu blog na comu do ORKUT!!

Achei seu blog bem legal!!

Passa lá no meu:

http://blogdapattyandrea.blogspot.com

bjus

Patricia disse...

Pois é, uns 2 posts atrás "comentei sobre isso do padre estar lá na ilha d Lost!

Vlw pelo comentário!!
Apareça mais vezes!!

bjus

http://blogdapattyandrea.blogspot.com

BLOGDOED disse...

vixi,,,


naum entendi direito...

o viado se apaixonou por um cara casado?

Daniel disse...

caramba vc escreve mto bem ...
E realmente existem pessoas que talvez conscientes ou não gostam de sofrer...
Uma ótima criação e um ótimo blog ^^
com certeza vou voltar aqui..

Dragus disse...

Nossa... Discussão por cartas...

Por um instante pensei ser sério. =)

Muito bom.

Thalita disse...

Olá
Valeu mesmo por ter indo no meu blog.
Me interesso muito por literatura, seu blog é muito interessante, gostei do post.
Aparece sempre la no meu gostei da visita

www.litainsana.blogspot.com

Bjão

xD

¤ Ð∂ηïєℓα Pïrєﻜ ¤ disse...

verdade... amamos pessoas criamos em cima das q conhecemos

sabias palavras carla

otimo texto

ahh e nem me fale em amor aaahuahua

não quero sentir mais essa palavra em meu coração durante um longo longo longo longo tempo haha

adorei o post ... escreve bem ...
e o titulo é tudo de bomm

Cristiane disse...

Deliciosa de ler essa carta heim...
Parabéns pelo blog e pelo pots que ficou mto show

http://diariodobusao.blogspot.com/

Euzer Lopes disse...

PODEROSAAAAAAAAAAAAAAAA!

Virei seu fã!

Juro por Deus que tenho vontade de dizer a mesma coisa para uma dona aí.

Só que eu preferir cantar a música da Vanessa da Matta e do Ben Harper.

Mayna disse...

uma das piores coisas que se pode acontecer a alguém é a ilusão.
Quem vive de ilusão, simplesmente não vive.
http://maynabuco.blogspot.com

Jefferson Barbosa disse...

Me soou surreal. Eu gosto disso. Traterei de criar uma personagem para mim, mas ela fará de tudo para não me fazer sofrer!

Bruna disse...

Quando amamos parece que nos tornamos temporariamente cegos..o grande problema, se isso é um problema, é que nossa visão vai voltando aos poucos e vamos percebendo a realidade..o que nos faz desiludir a maioria das vezes..

bjo
;*

danisiinha disse...

FÊ....
CONCORDO COM VC ... estou solteira... e muito bem...
meu post não é auto biografico nesse momento....é que sou uma romantica incorrigivel rsrsrs

www.daniilopes.blogspot.com
coloquei seu blog nasminhas indicações

Natália Coelho disse...

Projetar um ideal de pessoa,sempre nos leva ao fracasso.Como ninguém é perfeito,a decepção é inevitável.
Aí voltamos a realidade,mas rapidamente já projetamos outras pessoas,outros sonhos e o ciclo continua.

iA! acosta disse...

baah! e qndo a gente pensa q vai dar certo, é aí q fode tdo! ;x

o engraçado é qndo a vida pega a gente desprevinido c uma surpresa boaa... soh q a parte boa fica no início e a gente se fode d novo!
só temos q escolher se vale a pena ou nao...

e o pior acontece qndo o coração insiste q vale a pena... mesmo q a gente nao keira! :x

;D

Cláudio Apolinário disse...

a vida segue, a fila anda! ficar idealizando é o maior erro em qq relação! somos mortais e humanos! sempre falharemos!

quando puder, soma um assunto lá:

http://somarassuntos.blogspot.com/ somarassuntos

Gustavo Ulisses disse...

Muito bonito o texto, parabéns pela criação e colocação de idéias e sentimentos.

;]

________________
www.motorizzados.blogspot.com

Cat disse...

Fêeee...
ESTUPENDOOO!!! (rsrsrs)

Sábias palavras! E mto verdadeiras!
Existem pessoas q precisam msmo errar pra se encontar. As vezes sofrem. Como vc msma disse são as fraquezas do homem...Mas...

Mas como ninguem eh perfeito, a gent tem sempre q procurar (e bebemorar!) soh pra nao perder o hábito...

jah tamu perdendo teeempoo..
bjuuu amigaaa

Tito disse...

Adorei seu texto e seu estilo.
Parabéns!

Ana Marques disse...

No fim, todos têm razão. Ao ler dois lados, vemos que ambos sempre deram o melhor de si, mesmo que o final não tenha sido conforme esperado.

Bonito conto.

Uriel Gonçalves disse...

eaae xD
parabens pelo texto, bela escritora ;)

até mais, voltarei.

Lya Lopes disse...

Decepção, só tem quem a quer. poucas as vezes que aconteceu isso comigo.

Ela sempre acompanha a ilusão, não se iluda no começo, não se decepcione no fim.

do Ricardinho Dias Gomes disse...

è preciso amar as pessoas como elas são, e não queriamos que fossem...passe no meu e deixe seu comentario...
http://tvariedades.blogspot.com/
bjs

Fernanda Fernandes Fontes disse...

Pensando bem... cada um dá a interpretação que lhe convir...

Afinal, a literatura pode sangrar!

MandinhaW disse...

ja tive no seu blog
acho q essa eh a terceira vez
a nossa vontade de amar eh pra mim indestrutível, mas eh claro q há algumas exceçoes.
bom texto
passa la no meu:
http://coisasethings.blogspot.com/
acabei de postar um post novo

 
Creative Commons License
Degustação Literária by Fernanda Fernandes Fontes is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.