sexta-feira, 23 de maio de 2008

Devaneio sóbrio.

Duas taças de Blue Lagoo, por favor.

Susurra baixinho aquele segredo em meu ouvido. Sim, responderei contente ao que me pediste. Não importa se é certo, aliás, o certo é como a realidade. Êfemera e impalpável.

Outra bebida, a servida não é saborosa. Deixarei que o destino escolha desta vez.

Ah, como gostaria de trancafiá-la e esgotá-la em sua veloz exitência,realidade...que bonito nome tens.Quando penso em ti,já passaste. E nunca exististe. Por isto acredito ser superior nosso viver. Pois não passa. A vida sim, mas o sentir não. Carregaste a felicidade para teu presente. Foste, não será. Estiveste, não te sentirei...ficaste em Teu momento.

Vinho, quero ingerir teu sangue.

Sim, daremos as mãos. Até que o braço penda, até que os dedos se esfolem e se gastem... assim como os anos... assim como as dores dos amores... até que os suspiros sejam parte deste momento que existiu sem nunca ter sido.

Por favor, a conta. E água, estou com sede.

Carlos está na hora de ir. As horas são altas, o dia já vem. O sol goteja em nossos olhos um retrospecto fragmento do ar que respiramos. Aproveitemos o sabor do sorriso, o hálito do vento. Feche seus olhos...e aperte minhas mãos...assim mesmo, ainda na cama. Pois nada importa, nada acontece.

Agora vá. Antes que nossos corações peçam um pouco mais do calor de nossas mentes. Não há mais tempo, ande, pois isso seria demais!

Sonho:

Dá-me tua mão, Carlos,
o soar dentro de mim clama por tua direção.
Penetra em teu êxtase sublime.
Guia meu silêncio.
( ).
Não quero que ninguém saiba do segredo.
Tolos!
Suas conotações erram o caminho.
Vem Carlos, eu te guiarei.

18 comentários:

Uriel Gonçalves disse...

confuso, mas divertido. Diria até bonito.

Parece duas histórias. To tentando compreender ainda.

Rôney disse...

Bem legal!

Eu também escrevo poesia às vezes.

Um dia eu coloco lá no meu blog.

Abraço.

Gustavo Santiago disse...

Palmas(clap,clap,clap,clap,clap).

é menina encontro em ti um talento, que facilidade para escrever sobre as coisas, e olha que isso só foi um devaneio.

Sua escrita tem amor, é uma dança, é um sexo com goso enorme.
Trabalhe isso.
adorei mesmo.

Flávio Circini disse...

Gostei!

Não sei por que, mas ao ler o post, pensei em Rubaiyat...

Bem legal! Parabéns!

Henriq disse...

não entendi. :D



se puder visita:


www.frieiracerebral.blogspot.com

Samires França disse...

hehehehe. É, Depende muito das perspectivas.
(...)
Bebida, vento e sonho. Combinação interessante. Espero que o Carlos encontre...o eu-lírico, ou qualquer outra coisa que busque.

:) abraço

Bruna Assis disse...

Muito legal seu blog, adorei a história.. Ahhh belo poema, adoro ler poemas, parece que o mundo se torna mais belo ^^

Eu costumo escrever uns, se quiser passar lah e conferir, é bem vinda :D

danisiinha disse...

como sempre lindo né Fê...?
que palavras doces para retratar o que é ... apenas é ... sem exigir conceitos....ameiii
olha tem um selo pra ti no meu blog... pega lá e passa pra mais tres tá? bjão

www.daniilopes.blogspot.com

Lê disse...

Olá td bem ?
interessante =)
www.s2girl.blogspot.com
Bjs !

Marcelo Leite disse...

divertido, porém cunfuso
até

Thaíssa Vasconcelos disse...

Sim, daremos as mãos. Até que o braço penda, até que os dedos se esfolem e se gastem... assim como os anos... assim como as dores dos amores...

Maravilhooso...


e n achei confuso cmo alguém disse, a palavra eh CRIATIVIDADE.

/contraditions disse...

É dizer que a burguesia não presta, e estou do lado do povo..
Eu quero lutar pelo povo :)

Feliciano Silva disse...

nkTambem achei criativo,admiro muito quem escreve bem poesias

Flavitcho disse...

Os momentos vividos como devem ser.
O sentir fica e a vida passa.
Bonito.

=]

Beijo.

Rubens Mimoso disse...

tá enigmática demais!!!!!!!!!!

Catarinaaa disse...

Geeentiiii..
rsrs

na boa, o melhor q já li!
Mto bacana. Acho q o primeiro q faz todo sentido pra mim.
Todas essas mudanças - a vida eh msmo assim... nunca temos certeza do q realmente queremos...
A incoerência, a dúvida e a insegurançaaa tão sempre aii...

Ai ai ai...
já to^pensando na capa do nosso livro Fê (vc escreve e eu publico! - te dou 30%.. ok??? rsrs)
bju nega

Rubens Mimoso disse...

Anem ... tive que formartar meu pc e tô sem tudo ... por isso dei uma sumida. Vem pra cá quando?

Anônimo disse...

[url=http://www.ganar-dinero-ya.com][img]http://www.ganar-dinero-ya.com/ganardinero.jpg[/img][/url]
[b]Estas buscando formas de ganar dinero[/b]
Nosotros hemos hallado la mejor guia en internet de como ganar dinero. Como fue de utilidad a nosotros, tambien les puede ser de utilidad a ustedes. No son unicamente formas de ganar dinero con su pagina web, hay todo tipo de formas de ganar dinero en internet...
[b][url=http://www.ganar-dinero-ya.com][img]http://www.ganar-dinero-ya.com/dinero.jpg[/img][/url]Te recomendamos entrar a [url=http://www.ganar-dinero-ya.com/]Ganar dinero[/url][url=http://www.ganar-dinero-ya.com][img]http://www.ganar-dinero-ya.com/dinero.jpg[/img][/url][/b]

 
Creative Commons License
Degustação Literária by Fernanda Fernandes Fontes is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.