quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Eterna efemeridade.

O sorriso que me fez querer mais que o tempo.

Espelho de efêmero momento.Foste minhas inverdades coléricas por um segundo. Me destes adeus? Nem sei, estava inebriada de vontades infindas, envolvida por ti. E meu pensar estava a rodar por teu sorriso. Será mesmo que estivemos juntos? Me negastes o tempo. Teus dizeres passageiros foram. Contrários aos meus pensamentos. Mas teu sorriso e sabor gravados em minh'alma. Foste meu inferno, meu contrário. Em poucos minutos nos desentendemos e nos encontramos! Foste único por esta essência. E te perdi neste tempo. Onde estás que não aqui ao meu lado? Bailamos tangos quando de novos sons, experimentações musicais. Brincamos com nossos quereres. E aqui estou, a me penitenciar por ti. E ao sabor que o desabor de minhas palavras te ofertei, calastes com nosso silêncio. Silêncio que me ofereceu em troca de sentir o sabor de minhas palavras. Dei-te o privilégio de ler minhas letras no berço de meus sons. Foi o que me marcaste em ti.
..então deixo. Para que não me esqueças jamais. Não teria sido belo, se diferente fosse.
Adeus!

13 comentários:

Flavitcho disse...

é dificil dizer adeus, quando se sabe que era bom ficar. ou nao.

:x

UNDERGROUND disse...

Só o espelho nos diz a verdade....uhahauauhhuauhauh

=D

Massa disse...

Muito bom blog, parabéns!!!
E obrigado pela visita, volte sempre que puder!!!

www.entaofudeu.blogspot.com

Joshuatree disse...

Senti um gosto de lágrima na boca, talvez por tudo o que se perdeu. por uns segundos quis mesclar-me à tua alma para absorver mais que a intensidade da palavra.

obrigado, sinto uma melancolia feliz...

danisiinha disse...

nanda.... amei cada letra .... e estou em fase de adeus tbm....posso colocar no meu perfil ? apenas por uma semana? rsrs eu boto o devido credito obvio!!! bjsssssssssss saudades tbm ....

danisiinha disse...

obrigada... minha linda.... semana que vem tem post novo!!! bjsssssssss

Whatyla disse...

Muito legal seu blog.
Show de bola.
Te ++++++++

Rui disse...

"nao se iluda com um beijo, um abraço ou um olhar"

Foi bom enquanto durou, é o que importa. De resto, é resto... é passado.

Fernanda Vaitkevicius disse...

Fê...

Que coisa mais linda essa!!!

Se a gente pudesse esticar os momentos e estancar a dor...

Mas como disse, a beleza está em ser como foi!


Parabéns pela expressão linda e obrigada pela visita.

tossan disse...

Na vida tudo é momento, tudo é improviso...

Um início de verão,
no refrescante banho
sem ouvir a qualquer ruído,
só do instrumental do jazz...
Um raio de sol atravessa
as frestas da janela,
refletindo no espelho
a tua imagem,
e, ouço a tua voz
a cantar...

(tossan)
Toda vez que degusto um talento eu me lembro do seu blog...de vc. Bj

Suellen Nara disse...

Que Lindo!
Seus textos mexem com o mais profundo da alma. É triste dizer adeus, mas como poderia transformar tudo isso num momento tão bonito?
"Porque nem só de alegrias vive o homem."

Mais uma vez arrasou no texto.
E vim agradecer por "cantar minhas letras ao mundo."
Gostei de me ver ali no seu cantinho.
Tem um selo pra vc lá no Equilibrio Bambo.

Abraços.

Filipe M. Vasconcelos disse...

Olá senhorita.. acabei de ler que a palavra 'saber' vem de latim 'sapere', que significa saborear.. degustar... Achei interessante o modo como essas palavras se conjugam com seu blog.. quem passa por aqui degusta.. sabe... saboreia..rsrs

splendid disse...

Although there are differences in content, but I still want you to establish Links, I do not
fashion jewelry

 
Creative Commons License
Degustação Literária by Fernanda Fernandes Fontes is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.