segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Terra de ventar vontades

E eu que precisava do silêncio do mar, mergulhei tão fundo que o ar me faltou. Necessitei me abraçar e olhar todo o azul, ali, embaixo d'água. Precisei morrer em mim para perder o peso de meu corpo leve. Para que pudesse, em meio a vida, à tona retornar. Morta. E ressurgir ao calor do sol.

Feito.

Mas a intensidade dos raios era tanta que me cegavam enquanto vida me davam. Mar de infinitas ondas. Pressinto terras, as desejo aos meus pés. Sei que há conhecidas, por conhecer e outras que creio já ter pisado. E uma briga de ventos se faz, cada qual a tentar à sua terra me levar. Mas resisto. Ainda não é o horizonte que procuro. E sigo boiando, a me aproximar e remar em pensamento sentido contrário. E a ir e vir, ir e vir...

Canso.

Me verticalizo então, olhos a procura. E encontro. Ao longe, extensa, à minha direção. Mas novamente, como sempre de desejo meu, não há vento que me leve a escolha minha. Preciso seguir a sua direção, nadar contra a forte corrente.Ventos não entendem o que sinto. E não há força que me faça seguí-los.

Eu preciso ventar.

Sobre a terra de meus olhos, talvez me receba, ou não. Lá é localidade que desejo repouso. É a terra que me chama, a que clamei. Não é a mais próxima, não a mais fácil de alcançar. E o que busco é oposto ao que me distância. Aflições de saber se até a ti chegarei.Vejo-te. E sinto braçar sem que saia do lugar. Me mandas uma brisa - não vento -.... Seja abrigo de meus pés.

E o mar.

E o céu em mar se fez. E o dia, não sei. Somente o momento de dia, é que certeza tenho. Que chegue.

28 comentários:

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Belo Post!
Feliz Natal minha amiga e um Ano Novo cheio de paz saúde e realizações.

tossan disse...

Eu gostaria
de ser o silêncio,
te emprestar
um pouquinho
do meu ímpeto.
O mar
para borbulhar
nos teus pés.
Um anjo para
carregar este teu
corpo leve,
te ressuscitar,
e sair de mansinho
sem que percebas!

Gosto muito do que escreves.

Feliz Natal! Seja muito feliz!

Cristiana Fonseca disse...

Olá Fernanda,
Linda postagem.
obrigada pela gentil visita.
Desejo a você boas festas e muita paz.
Beijos,
Cris

D.Ramírez disse...

Um imenso prazer tê-la em las Tiritas e uma satisfação enorme poder ler e esatr em seu blog, e conhecer seu encanto.
Estaremos juntos sim em 2009 e desejo muitas felicidades pra vc em 2009!!!
Feliz tudo!!!

Besos!!!!

Ynot Nosirrah disse...

Olá, passei aqui hoje para prestigiar seu trabalho e trazer a paz do Senhor que me foi oferecida na missa do domingo passado.

Feliz Natal.

http://conscienciaacademica.blogspot.com/

Tentativas Poemáticas disse...

Olá querida amiga
Muito obrigado pela sua amizade.
Mil beijinhos.
António

João Rafael disse...

Pelo mar que chega, que venha um ano bom, de desejos realizados..pelo mar que vai embora, que vá também todos sentimentos que não passaram de vontades, inacabadas, inconclusas e perdidas. Pelos ares, voe ao seu encontro toda terra que precisa para pisar de olhos abertos, vivos e sempre apaixonados! Nos encontramos em 2009! Beijos!

Euzer Lopes disse...

Sabe o que fico pensando? Na sua vida aos 40 anos de idade: uma casa linda, um marido amado, filhos preciosos e tamanha alegria em sua vida.
A intensidade de sua vida é algo louvável.
Um vendaval de emoções únicas, que só cabem bem à sua existência, Branquinha.

Miguel Barroso disse...

O que é preciso é amar. E já agora, escrever posts assim...

Boas Festas.

Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO

danisiinha disse...

nanda.... que lindo... que snesivel... e se pareçe tanto com o que sinto !! amo tudo oq escreves... parabens! publica isso moça ! bjss

Philip Rangel disse...

Pois é meus amigos, meus novos amigos é tao interessante entrar em cada blog, na qual chamo de pagina de internet, e visualizar ...ler...responder a cada postagem...quao magnifico visitar novos blogs e tornamos amigos...novos amigos em que apoio e eles tambem apoiam...participam..cada blog traz a sua essencia..que muitas vezes viajamos ;..rimos....e ate emocionamos com os textos prescritos...alguns de vcs marcam com textos informativos, texto diarios, texto mundo, tv, dicas, outros pela emoçao poemas, utilidades, cada um programa o seu jeito..por isso torna se um mundo magnifico na qual enriquecemos com cultura pois cada um demonstra seu trabalho em diferentes localizaçoes do Brasil e do mundo..
Agradeço sim a todos que me visitaram e que me visitam..a todos que ja entraram numa fria...a todos que apoiaram o retorno e apoiaram nesse ano de 2008..espero essa uniao em 2009.. pq as postagens nao podem parar...

Parabens a vc amigo blogueiro por existir e mostrar qm é voce...

abraços a todos....
e que venha 2009

Elton Rosa disse...

escrever bem não é só uma questão de não ter erros, é usar o significados que as palavras têm como um recurso pra tornar o texto poético,ter o efeito que vc quer dar, palavras como: Mar, vento, sol, são carregadas de significados vc usou isso muito bem, massa.

tossan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
tossan disse...

Oi Fernanda, o teu blog é meu convidado da postagem ANJO lá no klic, espero que goste. Boas Festas e seja feliz! Beijo.

Anônimo disse...

Eu não sei se adoro ou me misturo às tuas palavras e me deixo ir ...
Te imagino Oceano, planetas que rabiscam sentimentos, emoções e sensações que nos trazem um som de lamentos e alentos.
Coisa boa essa tua procura incessante de querer explicar, sei lá o que !

Feliz Ano Novo de novo... Beijão no coração.

Joshuatree

Filipe M. Vasconcelos disse...

Na água ficamos sem chão.. e também sem ar.. Escolha perigosa essa de querer aprofundar-se.. No entanto.. é mesmo dentre essas águas que vc relataste que nos sentimos verdadeiramente abraçados.. Resta saber se o risco vale a pena...

Esse poema é tão "poema" que qualquer adjetivo corre o perigo de reduzi-lo ao invés de resumi-lo..

ps. Fiz uma promessa.. a de passar sempre por este espaço.. mas promessas envolvem sempre sacrifícios.. Convenhamos senhorita, passar por aqui nunca me será uma tarefa árdua... mas sempre será uma tarefa favorita..
Beijos

Anônimo disse...

que os bons ventos lhe ofertem o que o seu coração deseja e sua alma busca. beijos.vivica.com

Rody Cáceres disse...

simplesmente maravilhoso...inspirador...abraço

D.Ramírez disse...

Que seu Ano Novo seja regado de muita
Veuve Clicquot Ponsardin, muita fartura e felicidades o Ano Inteiro!
Besos e até 2009!!!!

Sr do Vale disse...

Fernanda, finalmente relendo seu comentário fiz o que devia, linkei.

abraços, apareça.

Bill Stein Husenbar disse...

Feliz ano novo.

Feliz 2009!

Que os sonhos se concretizem.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com

Fernando Pinto disse...

FELIZ ANO NOVO! Continua a escrever que vale a pena!

Beijinhos

Joshuatree disse...

Oi Fernanda, hoje acordei de alma seca, precisei vir aqui e beber de tuas fontes.

obrigado, até ...

Flavitcho disse...

é..

tem hora que os ventos levam a gente pra onde a gente nao quer, ou nao precisa ir.

tem certos ventos que podem fazer o caminho da gente... ou tentar fazer, mas é a gente que precisa ventar pra ir onde se precisa pra ser mais feliz. (:

ps: beijinho doce...(8)

Flavitcho disse...

é..

tem hora que os ventos levam a gente pra onde a gente nao quer, ou nao precisa ir.

tem certos ventos que podem fazer o caminho da gente... ou tentar fazer, mas é a gente que precisa ventar pra ir onde se precisa pra ser mais feliz. (:

ps: beijinho doce...(8)

Anônimo disse...

adoro as coisa que vc escreve..é muito talento,graças á Deus...

Mauro disse...

estive aqui, adorei ler o que escreveu..o anonimo sou eu..

splendid disse...

louis vuitton handbag
louis vuitton handbags
vuitton
louis vuitton bags
louis vuitton bag

 
Creative Commons License
Degustação Literária by Fernanda Fernandes Fontes is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.