segunda-feira, 2 de março de 2009

Compasso

Para Filipe.

Gotas de orvalho dançam sobre o ar. Te vejo a caminhar por elas, a subi-las como a degraus de transparente chão. Esta é a imagem que tenho de ti. Buscas um entendimento de roda; está ao seu alcance, mas não o toca. Ou não deseja, pois ficará despido de ti.

Sentada ao banco do encontro catando palavras que borboletam ao redor das flores de pensamentos abstratos estou. Tu caminhas ao som de orquestras a revelar-me segredos aos olhos, que encobertos por um véu estão. Nada além me faz querer-te com ternura. Apenas ternura e encantamento. Visão de aconchego. Rodo contigo...

Desces do céu e me contas brisas de tuas dores. Ventamos em canções de porquês...Vago divagar de palavras que amenizam nossos labirintos cotidianos. Somos um sopro de luz ao encontro da busca; ao encontro da completude que nos ronda sem que permita o toque . Ronda à roda...

11 comentários:

MARCOS disse...

Passeei dentro do seu poema e senti as palavras tocando, esbarrando em mim e me fazendo rodopiar...

Nayara .NY disse...

É de uma profundidade
que passa a ser inexplicável,
que se faz de entendimento
comum por um amparo de palavras
em objetos tão lúcidos quanto
abstratos!

Bjosss

Filipe M. Vasconcelos disse...

Fernanda.. minha querida amiga.. tão delicada.. tão doce.. e ao mesmo tempo tão indecifrável... tão indescritível.. O que dizer de você, que agora me presenteia este poema? O que dizer para você, que agora me desperta sentimentos dos mais belos possíveis que alguém pode ter?
Eis que se me visse pessoalmente meu silêncio falaria por mim... minha face tímida diria verdades cujas palavras não alcançam.. e meu rosto emrubescido declararia os efeitos que estas tuas palavras me causaram..
Mas, como ainda isso não é possível.. cabe a mim expressar meu contentamento pelo seu gesto tão bonito por meio deste espaço.. Você me presenteou algo que viverá muito mais do que meu corpo... algo que poderá permanecer no meio daqueles que apreciam uma bela poesia.. e isso, minha amiga, não tem preço.. Me fizeste uma dedicatória, e como me é saboroso perceber que do tempo breve que vivemos nossas vidas, pudemos compartilhar nossas existências, tendo a certeza de que algo encantador surgiu para ambos..
Estou feliz por ser seu amigo... e meu desejo é que esta felicidade não se acabe nunca...
Beijos de quem é apaixonado pela sua poesia..

mfc disse...

Sempre buscamos aquele outro que nos pode completar.
A vida é exactamente essa busca.

Joshuatree disse...

Amiga, gosto muito de como deixas fluir a poesia que se levanta em ti. Palavras carregadas da mais bela e honesta sensibilidade.
Contagia ...

É sempre muito bom, te ler.

Abraço no coração.

manzas disse...

Sublimes versos escapam das almas dos poetas
Viajando até ao fundo dos céus como balões …
Suspensos ficam no tecto brilhando poesias inquietas
Reflectindo olhos orvalhados em prados de emoções

Dedicado a todos
Os poetas e poetisas
Deste mundo,
Os que já adormeceram,
E aos outros
Que ainda nem sono têm...

Bem hajam!

Um resto de uma boa semana...

O eterno abraço…

-MANZAS-

manzas disse...

Sublimes versos escapam das almas dos poetas
Viajando até ao fundo dos céus como balões …
Suspensos ficam no tecto brilhando poesias inquietas
Reflectindo olhos orvalhados em prados de emoções

Dedicado a todos
Os poetas e poetisas
Deste mundo,
Os que já adormeceram,
E aos outros
Que ainda nem sono têm...

Bem hajam!

Um resto de uma boa semana...

O eterno abraço…

-MANZAS-

Filipe M. Vasconcelos disse...

Eu posso fazer outro comentário..? rsrsrs Brincadeira..rsrsrs

tossan disse...

Bela homenagem ao Filipe, você e sua generosidade que eu já conheço dos seus lindos comentários. Gostei muito do texto. Já estou ficando suspeito para falar, sou fã desta leitura. Beijo

danisiinha disse...

vc me emciona sempre , sempre Fe!


adoraria ter vc na comunidade do meu blog
http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=83815537

Flavitcho disse...

Ai, ai...
Que coisa mais linda...

E eu volto aqui depois de tanto tempo... C tava frenética, moça.. :x

Compasso. :)
Atoron

 
Creative Commons License
Degustação Literária by Fernanda Fernandes Fontes is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.