quinta-feira, 12 de março de 2009

Esquecimento

As asas quebraram em meio ao voo alto. Caiu o pássaro ao chão. A menina veio correndo ao seu encontro. Queria fazer algo por ele, mas nada havia que se fizesse. Chorou. Ela amava aquela ave... e queria lhe emprestar as recentes asas ganhadas pela fada do dente, mas tempo não havia mais.

O pássaro a olhou antes de partir. Sentiu soltar-se a vida com a intensidade do vento nos céus... fechou os olhos em uma queixa final. E se foi.

Ela o enterrou ao lado de sua cama. E nunca mais nele pensou.

17 comentários:

Pink Rose disse...

Linda,passei só pra dar um oi.

Teus textos continuam lindos.

Bjks

http://amorfilosofoamor.blogspot.com

Nayara .NY disse...

Tudo passa...

bjoss!

Vâmvú disse...

Lindo texto... emocionou.
Bjs

tossan disse...

Tudo que passa por mais dolorido é o já foi importante. Linda! Tua alma confessa. Beijo

Clara Gontijo disse...

Se Colassanti e Romano de Santana lhe estimularam a continuar com as letras, essa magnifica forma de expressão da alma, fizeram muito bem.
Parabéns pelos ótimos textos. Bem escritos, de uma força doce, profunda e instigante.
Obrigada pela visita, voltarei outras vezes.
Ótima semana para você.

Faust Sotam disse...

A morte, a mudança são sempre cruéis, mas pior que isso, são as recordações (não sendo saudosista).O esquecimento é o negócio da Alma. Prazer

Val disse...

O pássaro poderia ser uma fênix.

Val disse...

E a esperança da menina, o fogo para o renascer das cinzas.

Val disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Val disse...

Pois enquanto há vida, há esperança. :)

Sabrina Davanzo disse...

Lindo texto!
De vez em quando precisamos enterrar alguns sonhos.. dói.. mas o melhor a fazer é não pensar mais neles!

Um beijo e parabéns pelo blog!

A.S. disse...

Bonito texto!
Talvez num belo dia de primavera tudo renasça...


Abraços!

Ingrid disse...

Amei seu blog..
tem um selo no meu, passa lá pra pegar!
http://marca-de-batom.blogspot.com/

Joshuatree disse...

O ir em asas partidas ... O não pensar, chegada a um outro lugar.

Doeu.

Abraço, minha amiga.

Filipe M. Vasconcelos disse...

Eis que ela fez algo por ele... mesmo que esse fazer tenha sido seu próprio chorar.. Afinal, quantos pássaros falecem sem derramar lágrimas em nossos olhos..?

Alam Oliveira disse...

Texto triste, quase me fez chorar, só não chorei pq sou durão!

Mas que pelo menos fique na memória da menina as imagens do pássaro voando feliz!

pois o que importa são os momentos bacanas que ficam na recordação!

E o Guarani caiu!
Divinópolis perdeu seu representante no campeonato rural de MG...-- sem comentários este comentário!

Flavitcho disse...

Que linda. Que lindo.
Esquecimento ou superação?
:X

:D

 
Creative Commons License
Degustação Literária by Fernanda Fernandes Fontes is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.