segunda-feira, 9 de março de 2009

Receituário

Flutuar inquietudes
de um desejo construído
ao delírio de espasmos
regulares.

A receita para sarar-te
os dias é prescrita a
purgar sua dor.

Três gotas de fugacidade
Uma imersão de fatalidade
e um eterno repouso
absoluto.

12 comentários:

MARCOS disse...

lindo! muito mesmo, viu Fernanda? quando leio textos como este,
eu tenho sempre a impressão de andar em montanha russa, na descida, sabe como é? e também como se mergulhasse, de pára-quedas, em lagoa bonita, em cama cheia de almofadas...sei lá qual. só mergulho. obg por me dar este prazer.
Bzao

"um desejo construído
ao delírio de espasmos
regulares". mata!

tossan disse...

Separe a útopia
em dose desigual,
coloque um pouco de real
dentro de cada uma e misture,
Não beba, degust-a.

Gostei muito!
Beijo

Jessica Anselmo disse...

oi amiga...ate que enfim eu entrei no seu blogger...
essa texto compasso e lindo...to ate achando que vou coloca-lo no meu orkut!



bjosss

Pedro Berocan disse...

Não serve só Melhoral?

Gostei muito

FLÁVIO CIRCINI disse...

Fernanda: É, as vezes é interessante permear por caminhos diferentes, só para sentir sensações incomuns. Espero que esteja ficando tão bom quando as Degustações...hehehehe

Pink Rose disse...

Linda, amo seus textos mas vou ficar ausente um pouco. Aulas na facul recomeçaram. Mas eu venho aki pelo menos duas vezes por semana pra checar!

Bjão!

http://amorfilosofoamor.blogspot.com/

Nayara .NY disse...

Que a fuga seja breve,
e ainda assim seja suficiente,
que não se distancie muito,
mas que seja consciente!

---De um modo totalmente original,
descrevo, sem palavras mesmo!

Bjoss

João Rafael disse...

e uma dose de coração torcido ao molho da salgada razão. Estou fugindo por uns dias. Quando voltar, nos veremos...aliás, espero ve-la com mais frequancia em diante!Beijos!

João Rafael disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
alam1000@gmail.com disse...

Tem que dá uma olhada se tem contraindicação...

A receita para cura de todo mal é a morte, triste começo de quem vive...

Mas o mais engraçado são os espasmos kkkkkkkkkk!!!!

Filipe M. Vasconcelos disse...

Espasmos regulares na construção de um delírio para um desejo...?
Um repouso absoluto?

Como poderíamos obter regularidades diante daquilo que é irregular minha amiga..? O desejo nos é tantas vezes contraditório que poderia seguir um fluxo linear..?

Nem mesmo o objeto desejado poderia descrever uma regularidade nos sentimentos de desejo..

Olá minha amiga.. estive ausente por um tempo.. muitas coisas ocorrendo.. Não me tem faltado tempo para ver seus escritos.. mas me tem faltado tempo para ser justo ao comentá-los... Sinto saudades fortes de vc... e após ter ouvido sua voz naquele poema.. cada vez que leio um novo é como se vc o narrasse para mim...

Flavitcho disse...

Caramba.. arrasou :O

absolutamente.
Absoluta que nem Stefhany. :x
Tá, parei. :x

 
Creative Commons License
Degustação Literária by Fernanda Fernandes Fontes is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.